Quem organiza?

O programa de residências artísticas Arte n’Aldeia é pensado e desenhado por um conjunto de jovens conscientes e preocupados com os problemas globais actuais. São jovens com diferentes backgrounds e aprendizagens mas que seguem os mesmos princípios: diálogos de transição, sustentabilidade, ambiente, cidadania, cooperação, entre outros.

Assim, sonham criar um programa de residências artísticas que aos poucos:

– Crie condições atractivas para circuitos culturais internacionais que actuem no desenvolvimento da arte independente;

– Encontre novas linguagens, capazes de expressar o viver contemporâneo e que, simultaneamente, consigam cativar uma população mais eclética, promovendo assim a deselitização da arte e inserindo-a num contexto cultural mais abrangente;

– Descentralize a oferta cultural dos grandes centros urbanos, promovendo assim a produção artística em meios rurais que, muitas vezes, oferecem condições que as cidades não oferecem – espaços e estruturas que pedem para ser utilizadas, o isolamento e tranquilidade por vezes necessário a um processo criativo, um ritmo próprio definido pela pessoa e não pelo ambiente envolvente.

– Desmistifique a ideia de isolamento e tristeza associada ao meio rural e mostre que graças às novas redes de transportes e comunicação, há uma proximidade maior entre o meio rural e urbano.

Bruno Barros Gomes

Arte n'Aldeia -foto BrunoConcluiu o mestrado integrado em Medicina Veterinária na Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Técnica de Lisboa no ano de 2013. Realizou estágio curricular na AEPGA – Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino no ano de 2011.

Em 2012, durante o mestrado, vence o Prémio Riba-Côa com o projecto “O Futuro num Dorso Ecológico”, projecto relacionado com a tracção animal tradicional com asininos, que desenvolveu na aldeia de São Pedro do Rio Seco, concelho de Almeida. No mesmo ano é co-fundador e produtor do Festival Tempo d’Aldeia e, em 2013, é co-fundador e produtor do programa de residências artísticas Arte n’Aldeia.

No ano de 2013, integra a direcção da Associação Rio Vivo.

Caetana Serôdio

1172831_10200121734880110_1683199911_oCaetana Serôdio licencia-se em História da Arte. Gosta de Arte e gosta de História e com o curso na bagagem larga os livros e aventura-se no mundo. Conhece muita gente, ri muito e fala de coisas sérias. Adora a natureza e começa a chamar a atenção para a sua perfeição (e abuso).

Muda-se para S. Pedro do Rio Seco para contribuir para um projecto de transição numa pequena aldeia de pedra. Preocupa-se com a noção de comunidade em triste abandono. Aprende muito e reúne à sua volta muita gente gira e com vontade de fazer coisas giras. De repente aparece o festival Tempo d’Aldeia e o Arte n’Aldeia. Tem uma estrelinha da sorte e agora está a criar uma Cooperativa Criativa.

Isabel Pinto Coelho

Foto_Isabel

Licencia-se em Arte e Multimédia pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Ainda durante a Licenciatura (2009/2010) trabalha na área da Comunicação e Marketing da empresa Postalfree. A partir de 2010 envolve-se na organização e produção de vários festivais: Festival IndieLisboa, Festival Alkantara, Festival Materiais Diversos, Arraial-Pride. Frequentou em 2010/2011 o Curso de Gestão e Produção das Artes do Espectáculo no Fórum Dança, e como resultado do mesmo cria em parceria com Raquel Lima a Associação Cultural Pantalassa.

Através do Programa INOV-ART, trabalhou 6 meses como Assistente de Produção do Festival Internacional Panorama de Dança, no Rio de Janeiro, Brasil (2011).

Em 2012, é co-fundadora e produtora do Festival Tempo d’Aldeia, em São Pedro de Rio Seco, Concelho de Almeida. Em 2013 integra a direcção da Associação Rio Vivo, uma associação vocacionada para o desenvolvimento rural, através da qual se realiza a 2ª edição do Festival Tempo d’Aldeia e a 1ª edição do Programa de Residências Artísticas Arte n’Aldeia.

Jorge Filipe

dias de

Jorge Filipe, Músico, Escritor, Economista, nasceu em Coimbra, estudou economia em Lisboa. Viajou por territórios asiáticos (2006-2008) onde aprendeu cítara (Índia) e gender wayang (Bali, Indonésia) tendo trabalhado simultaneamente em projectos de desenvolvimento local. Viveu em Berlim (2008-2013) onde foi membro fundador do colectivos Altes Finanzamt, Neukolln Academy of Now!, Phifa (Philosophical Football Association), da editora Juliani Educational Books, da plataforma de editoras independentes Kombinat Literature Berlin, e onde trabalhou como investigador na Universidade Técnica de Berlim. Viveu no Rio de Janeiro onde conheceu a mágica pernambucana que é o Maracatu e onde aplicou pela primeira vez o futebol filosófico em escolas. Agora vive em Montemor-o-Novo e pelo interior de Portugal, nos seus lugares infinitos, onde se fascina e desenvolve os seus projectos, quer como músico e escritor, quer como membro do Centro de Investigação Cultura e Sustentabilidade, na área da economia, cultura, arquitectura, entre outras.

Sara Simões

Sara_fotoLicenciou-se em História, variante de Arqueologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2003-2007), onde concluiu também o Mestrado em Arqueologia (2010). Trabalha como arqueóloga em várias instituições públicas e privadas. É colaboradora do Centro de História da Cultura da FCSH – UNL.

Em 2012 concluiu a Pós-graduação em Património e Projectos Culturais pelo ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa.

Em 2013 frequentou o Curso de Iniciação à Fotografia do Movimento de Expressão Fotográfica, com Luís Rocha e Tânia Araújo. No mesmo ano colabora na produção do Festival Tempo d’Aldeia e das Residências Artísticas Arte n’Aldeia.

Integra o Grupo de Expressão Dramática, parceria entre o Grupo de Teatro do Instituto superior Técnico e Teatro O Bando, com direcção de Sara de Castro.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s